Novos Rumos

Início/Novos Rumos
Novos Rumos 2020-01-26T18:44:23-03:00

NOVOS RUMOS – TRIÊNIO 2019-2021

O PROGRAMA NOVOS RUMOS – veio fortalecer a UNILIVRE com a criação do Núcleo dos Agentes da Sustentabilidade da UNILIVRE – NASU, objetivando aumentar as áreas de atuação e seu banco de talentos, além de proporcionar a melhoria na gestão e ampliar a visibilidade da instituição, valorizando sua marca para a causa da sustentabilidade, amparada nos 17 ODS da agenda 2030 da ONU

NOSSO CONCEITO DE SUSTENTABILIDADE – A UNILIVRE entende sustentabilidade como elemento substantivo, uma bússola que norteia o comportamento e as relações dos seres humanos, entre si e com o planeta, o justo meio entre as dimensões ambiental, econômica e sócio cultural, em busca do bem comum.

Para tanto, acredita que a ética e a prática dos valores são fundamentais para concretizar este desejo.

FORMA DE ATUAÇÃO – A UNILIVRE atua com base no conhecimento científico produzido internamente e pela sociedade, respeitando as divergências e a diversidade de opiniões e procurando promover a formação e informação do cidadão. Assim sendo, todas as parcerias técnicas e institucionais firmadas pela UNILIVRE, deverão estar alinhadas a entidades que produzam conteúdo e pesquisas sobre sustentabilidade, além de promover práticas sustentáveis.

Posicionamento da UNILIVRE:

A UNILIVRE respeita os diferentes pensamentos e se propõe a fomentar o debate, desde que os posicionamentos antagônicos sejam produzidos com honestidade cientifica e de propósito, sem abrir mão da causa da sustentabilidade.

A UNILIVRE se propõe a apresentar programas, projetos e práticas frutos da sua experiencia e atuação na área da sustentabilidade, sempre promovendo o diálogo e procurando tornar os cidadãos protagonistas neste processo de aprendizagem.

Desta maneira, a UNILIVRE se apresenta como o habitat da biodiversidade do pensamento.

As ações do Programa visam aproximar pessoas e entidades, reoxigenando e aumentando a capilaridade das instituições com a criação das áreas de Atuação na Sustentabilidade, onde está inserido o banco de Talentos. Este banco de talentos será composto por profissionais, organizados em Grupos de Trabalho de Agentes de Sustentabilidade UNILIVRE – GTAs, nas áreas de Arquitetura e Urbanismo, Engenharia, Ambiental, Social, Educacional, Digital e Cultural.

EQUIPE UNILIVRE

Como você já sabe, estamos desenvolvendo um novo triênio na UNILIVRE – NOVOS RUMOS e para realizá-lo, temos uma estrutura especialmente constituída para garantir o sucesso das nossas áreas de atuação.

Os Coordenadores dos Grupos de Trabalho são responsáveis pela coordenação da sua área administrando o desenvolvimento do projeto, se definindo como um facilitador e elo de ligação entre o Comitê Facilitador, as Equipes de Projetos e todos os parceiros da UNILIVRE.

 Cada equipe multidisciplinar atua em uma área, com produtos e projetos de melhorias que visam contribuir com a implantação da Visão de Sustentabilidade.

 Áreas de Atuação da Sustentabilidade:

  1. Ambiental – Esta área de fundamental importância se compromete com o desenvolvimento sustentável ambientalmente correto que possuam, direta ou indiretamente, algum impacto no meio ambiente, seja a curto, médio ou longo prazos.
  2. Educacional – Desenvolvimento de cursos e treinamentos, com absorção de novos conceitos relacionados a Sustentabilidade, compartilhando um espaço que possibilita a troca e a aquisição do conhecimento por meio de debates, reflexões, dinâmicas e atividades práticas, disseminando informações relacionadas à temática ambiental. 
  3. Social – Busca atender às necessidades do presente, sem comprometer as necessidades das gerações futuras.
  4. Cultural – Esta área refere-se às mudanças no interior da continuidade (equilíbrio entre respeito à tradição e inovação) e à capacidade de autonomia para elaboração de um projeto integrado e endógeno. Dando-se destaque à importância da diversidade cultural alimentada pelos aspectos culturais locais, porém não se fechando a propiciar as inovações ecológica, social, política, humana, étnica, ética, moral, cultural, entre outras…
  5. Digital – Buscar ferramentas de suporte para a implantação de sistemas tecnológicos que supram a necessidade do nosso cliente.
  6. Arquitetura – Uma área que irá estudar o mercado e ajudar a propor novas soluções, criar novos produtos e “SAIR NA FRENTE” no mercado, de maneira continua e sistematizada.
  7. Engenharia – Conciliar a Engenharia com sustentabilidade é um grande desafio. Examinando as interações entre sistemas técnicos, ecológicos, sociais e econômicos e evitando deslocar os problemas de uma região para outra. Além de trabalhar na recuperação dos ambientes já contaminados ou degradados, atuando assim na preservação da qualidade da água, do ar e do solo.
  8. Comunicação – Ele visa desenvolver e implantar ações de comunicação relacionadas às informações da UNILIVRE e gerais interna e externamente. Ou seja, todos nós vamos saber o que está acontecendo.